(61) 98428-0472

[email protected]

O que é periodontia?

A periodontia é a especialidade odontológica responsável por prevenir e tratar doenças que atingem os tecidos de sustentação e proteção dos dentes. Em resumo, o tratamento da gengiva e do osso.

Doenças periodontais e tratamentos

Esse ramo da odontologia é marcado por diversos problemas que podem vir a acontecer caso não se mantenha um bom cuidado bucal:

Placa bacteriana: também conhecida como biofilme dental. É um resíduo pegajoso que se forma a partir da reação das bactérias presentes na boca devido ao consumo de carboidratos (que se transformam em açúcar). A placa só é formada caso não aconteça a escovação e uso do fio dental regularmente recomendado.

Periodontia e gengivite

Tártaro ou cálculo dentário: a presença da placa bacteriana no meio bucal pode evoluir para um diferente estágio. É a forma calcificada, sendo possível remover apenas através de raspagens feitas pelo dentista.

Tártaro e Cálculo dentário - Periodontia

Saburra lingual: acúmulo de resíduos na língua, formando uma placa esbranquiçada, podendo ser acompanhada de mau hálito ou não.

A saburra deve ser evitada com a escovação correta da língua, mas se for acumulada, ainda assim a remoção é possível. Ela pode ser fonte de contaminação e gerar problemas bucais e também respiratórios devido ao acúmulo de bactérias.

Gengivite: A doença que acomete a gengiva devido ao acúmulo de placa bacteriana não removida corretamente na higienização bucal. Os sintomas podem ser:

  • Gengiva com sangramento (durante a higienização e também espontaneamente);
  • Aspecto de inchaço na gengiva;
  • Mau hálito.

A doença pode ser evitada e curada através de uma boa higiene em casa ou, em casos mais acentuados, é preciso consultar o seu dentista.

Periodontite: é a forma subsequente da gengivite. Uma gengivite persistente se desenvolve para periodontite. Desta vez, acomete além da gengiva, o osso, provocando a perda óssea e formando as chamadas “bolsas periodontais” (locais onde houve perda óssea e por isso forma um espaço vazio).

Processo de perda óssea dental

Os sintomas podem ser:

  • gengiva sangrante;
  • inchaço gengival;
  • mau hálito;
  • presença  de tártaro;
  • mobilidade dentária;
  • retração gengival.

Halitose: O mau hálito ou halitose não é uma doença, mas um sinal ou sintoma de que algo no organismo está em desequilíbrio, que deve ser identificado e tratado. É de causa multifatorial e altera o odor do hálito do paciente, podendo variar os graus de severidade.

Sobre as causas de origem bucal, as mais importantes e mais frequentes são de origem da saburra lingual e doenças periodontais.

Quero Agendar uma Consulta
Dúvidas ou deseja agendar consulta? Fale conosco